Cyndi Lauper em Brasília, 27/02 por Bárbara Cardoso

Cyndi se apresentou pela primeira vez na capital nacional. O show aconteceu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Mesmo estando fazendo seu terceiro show seguido, Cyndi mostrou energia e carisma para seu público que praticamente lotou o local.

Set list (não sei se está na ordem correta)

Just Your Fool
Shattered Dreams
She Bop
Early in the mornin'
All Through the Night
Lead me on
Crossroads
Down Don't Bother Me
The Goonies 'R' Good Enough
Don't Cry no More
Into the nightlife (a pedido de um fã)
Change of Heart
Girls Just Want to Have Fun
Time after time
Mother Earth
Fearless
True Colors

Bom pessoal, eu, Bárbara Cardoso administradora do blog, tive o privilégio de ir a este show. Vou contar como foi desde a minha chegada em Brasília.

Estava muito triste por não haver show em Minas Gerais mas fiquei super feliz quando confirmaram um show em Brasília. Como estava sem dinheiro não dava para viajar para São Paulo ou Rio de Janeiro e tenho amigos e parentes na capital nacional.

Brasília, 27 de fevereiro de 2011

Saí de Patrocínio-MG às 21 horas do dia 26 pensando que chegaria em Brasília por volta das 6 da manhã. Fui acompanhada pela minha mãe. Ela foi comigo ao show de Belo Horizonte em 2008 mas dessa vez não foi possível, pois o ingresso era absurdamente caro. Chegamos em Brasília as 4:30 da manhã e tivemos que ficar na rodoviária até amanhecer para ligarmos para o meu primo Anderson que seria nosso guia turístico além de meu acompanhante no show.
Por volta das 8:00hs ele chegou na rodoviária e pegamos um metrô até o apartamento que ficaríamos hospedadas. O apartamento pertence a um casal de amigos da minha mãe. Deixamos as malas lá e fomos andar pela cidade. Adorei tudo! Isso é frase típica de pessoas do interior quando vão em cidade grande.

Estava ansiosa para a noite chegar. E chegou! As 18:30hs fomos para o Centro de Convenções. O show estava marcado para começar as 20horas. Quis chegar mais cedo para resolver algo que estava me deixando tensa há dias. Como pesquisadora assídua de Cyndi Lauper, descobri o e-mail de sua assessora, Lisa Barbaris. Isso faz tempo. Quando soube da tarde de autógrafos em São Paulo fiquei meio revoltada e comecei a mandar meus desabafos a ela. Não sei se Lisa ficou com pena ou foi vencida pela cansaço, mas um belo dia, me mandou um e-mail dizendo que colocaria meu nome na lista para me encontrar com Cyndi no backstage antes do show começar. Fiquei super feliz e empolgada, mas ao mesmo tempo, pensei que poderia ser brincadeira.
Então, para não me decepcionar antes do show começar pedi ao meu primo para se apresentar na bilheteria perguntando sobre uma possível lista VIP. Meu primo não entendeu muito bem o que eu havia explicado e disse a uma das organizadoras (não me lembro o nome dela) que eu tinha uma entrevista marcada com a Cyndi Lauper. A mulher foi um pouco grossa conosco mas daí resolvi explicar tudo (até imprimi a minha conversa com a Lisa). Disse a ela que tinha conversado com a assessora de Cyndi e ela havia permitido a minha entrada no backstage. A organizadora perguntou meu nome e eu disse BÁRBARA. Daí ela perguntou "BÁRBARA CARDOSO?" e eu "SIM" com um olhar desconfiado. Ela pediu meu RG e deu um sorriso dizendo "PEGUE ISSO. ESTEJA AS 19:30hs NA SALA VIP DO BANCOBRÁS. LÁ LEVAREMOS VOCÊ PARA VER A CYNDI. MAS TEM QUE SER AS 19:30 EM PONTO SENÃO NÃO CONSEGUIRÁ. SÃO UMAS 20 PESSOAS E CYNDI TERÁ APENAS 15 MINUTOS.
Ela me entregou dois cartões com a foto de Cyndi e a palavra "VIP". Ela ainda disse "são dois, você disse que tinha acompanhante não é?"

A PARTIR DAÍ FIQUEI EM ESTADO DE CHOQUE. Meu primo nem sabia o que dizer pois ele não é um mega fã de Cyndi e nem acompanha o trabalho dela como eu. E de repente, o cara tem a oportunidade de conhecê-la.

Fomos correndo procurar essa sala vip mas resolvi comprar uma camiseta antes do show. E foi no estande que conheci pessoalmente uma pessoa que converso há mais de 2 anos. O mega fã de Cyndi, Leonardo de Goiânia. Conversamos um pouco ele me apresentou um outro fã e grande amigo chamado Alemão, de São Paulo. Os dois estavam completando o quinto show assistido nesta tour. Não pude ficar conversando muito pois tinha que encontrar a sala vip.

Quando enfim encontramos, fomos barrados pelos seguranças que diziam que meu primo e eu tínhamos que estar com as pulseiras exclusivas. A diretora brasileira da tour viu a situação e explicou aos segurança que nós tínhamos convites especiais. Depois disso, ficamos esperando nos chamar. Comecei a falar um pouco sobre a Cyndi para o meu primo até que apareceu um outro fã, este de Brasília, chamado Cleber. Nós já nos conhecíamos pelo msn e orkut mas não esperávamos nos encontrar em uma situação daquela, prontos para conhecer nossa cantora preferida. Ele dizia estar muito nervoso, levou uma carta para a Cyndi e ficamos conversando. Eu fui ao Centro de Convenções parecendo estar indo a um acampamento. Uma bolsa enorme com blusa, chocolate, chicletes, balas, documentos, agenda, além de um pincel e dois cds que gostaria que Cyndi autografasse, "Shine" e o "Memphis Blues".

Finalmente o momento chegou. Já passava das 20 horas e fomos ao encontro de Cyndi. De longe vi sua assessora (gostaria de ter agradecido pela oportunidade). Em meio de vários fotógrafos e organizadores, CYNDI LAUPER APARECEU, cumprimentando a todos e agradecendo. Na hora não tinha 20 pessoas. Fãs mesmo eram apenas o Cléber, o Anderson e eu. Fizemos um círculo para tirarmos as fotos. Mas teve que ser muito rápido pois já havia passado da hora do show começar. Primeiro foram os organizadores. Logo após, os dois rapazes e eu.

CYNDI LAUPER OLHOU PARA MINHA CAMISETA E DEPOIS PARA O MEU ROSTO, SORRINDO. LOGO FOI SEGURANDO MEU OMBRO PARA FAZERMOS POSE PARA AS FOTOS. Eu na hora não sabia o que fazer. Naturalmente não sou de encostar nas pessoas para tirar fotos, muito menos abraçar. Mesmo sendo a Cyndi, não consegui mudar meu jeito de agir. Tiramos fotos de vários ângulos. Após isso, entreguei meu encarte e pincel para a Cyndi autografar ela novamente sorriu (que lindo). Cyndi também autografou o ingresso do Cléber e o cartão do Anderson.
Saímos de lá acompanhados pela organizadora que conheci na bilheteria (agradeço a ela por ter tirado as fotos para mim). Ela nos disse "VOCÊS CONSEGUIRAM O QUE MAIS NINGUÉM CONSEGUIU AQUI" e nos levou aos nossos lugares na platéia. Poucos minutos depois, um dos organizadores da Vision Produções sobe ao palco para iniciar a apresentação. Antes de Cyndi entrar, ele convidou a artista plástica Lilian Lauper. Ela pintou um quadro e Cyndi autografou. A tela foi sorteada e um rapaz no meio da platéia foi o vencedor. Após isso, CYNDI LAUPER e sua banda entram no palco. A banda é diferente daquela de 2008. Integram agora Stephen Gaboury nos teclados, William Wittman no baixo, Michael Toles no violão, Stephen Potts na bateria, Archie Turner também nos teclados e a brasileira Lan Lan na explosiva percurssão.

Cyndi entrou sorridente, com uma roupa toda preta, cabelos loiros com uma mecha um pouco tingida e TÊNIS e começou a cantar Just Your Fool. Não vou falar sobre todo o show. Meus momentos preferidos foram durante as músicas Don't Cry No More, Change Of Heart (essas duas tiveram solos incríveis), Time After Time e True Colors com a platéia cantando junto, Lead On Me (não conhecia essa música, quando começou, pensei que fosse Midnight Radio. É uma das músicas mais bonitas que já ouvi) e claro, Girls Just Want To Have Fun que levou o público a loucura. Infelizmente não ouvi as minhas favoritas do álbum Memphis Blues que são Down So Low e Rollin n Tumblin mas na hora, nem senti tanta falta.

Cyndi atendeu um fã e cantou um trecho de Into the Nightlife. O público de Brasília parecia o público de Cyndi nos EUA, calmo. Em vários momentos o local ficava em silêncio e Cyndi podia ouvir claramente alguns fãs gritando "I love you". Em um momento, Cyndi retribui dizendo "I love you too". Além disso, Cyndi desceu do palco várias vezes, subindo perto das poltronas e segurando as mãos dos fãs.

Outro momento que destaco é o de Cyndi com um copo de água. Antes de descer as escadas ela jogou um pouco dessa água nos degraus e fez a mesma coisa perto da Lan Lan, do baterista e do tecladista. Será que era água benta?

Por fim, ao final de True Colors, Cyndi se despede fazendo um gesto muito popular entre os artistas: um coração com as mãos. Sinceramente nunca esperei ver a Cyndi fazendo este gesto, mas gostei. Um fã conseguiu subir no palco e presenteou Cyndi com um lindo buquê de flores.

Após isso, me encontrei novamente com o Leonardo e o Alemão. Conversei com alguns fãs rapidamente, tiramos fotos e fomos atrás de Cyndi. Chegamos a vê-la, eu havia tirado meu cd Shine da bolsa, mas mudei de idéia. Apenas a vi entrar na Van. Cyndi autografou faixas e outras coisas de outras pessoas que estavam lá mas eu me dei por satisfeita. Um dos rapazes que estavam desmontando o equipamento entregou uma toalha preta para o meu primo e disse que era de Cyndi. Ele me entregou e resolvi guardá-la (pode ser realmente dela não é mesmo?).

Ainda no local, encontramos com a Lilian Lauper e conversamos um pouco. Ela foi me explicar que as pessoas pensam que ela assina Lauper por causa da Cyndi mas é o sobrenome dela mesmo, ela dizia rindo. Depois disso, fomos comer no Bob's, tudo por conta do Leonardo (risos).

Nem sei mais o que escrever. Gostaria de ter relatado tudo em detalhes mas ficaria grande demais. Encerrando, foi uma noite MARAVILHOSA!

Obrigada Cyndi Lauper e volte sempre!


Bárbara Cardoso.
THE GREAT CYNDI LAUPER


Abaixo algumas fotos tiradas por mim.

Tirei essa foto depois do show. O Centro de Convenções foi bem preparado para esta noite. Tinha Cyndi Lauper em todo canto.






Sintam a energia!

Um dos vários momentos que Cyndi desceu do palco.






A despedida da banda. Cyndi voltaria para encerrar com chave de ouro.


Este foi o momento mais emocionante da noite e um dos mais importantes da minha vida.



Cyndi autografando o encarte do meu cd "Memphis Blues". Reparem minha cara de boba.



Não abracei nem a Cyndi de papel (onde eu estava?).



Encontrei poucas pessoas que havia conhecido em Belo Horizonte na tour de 2008. Mas o legal é que conheci pessoas que conhecem o meu trabalho e o admiram. Esse no meu lado é o fã Adriano de BH.


Meu primo ficou encantado com a Lan Lan. Após o show ele conseguiu uma foto com ela.


Este camarada viveu a mesma emoção que eu. Entramos juntos para conhecer a Cyndi. Ele parecia muito nervoso mas aguentou firme! Jamais vamos esquecer este dia não é Cleber?



Nesta foto estou com o meu primo Anderson e o cara que acompanhou toda a tour de Cyndi no Brasil, Carlos Lopes do website Cyndi Shine.


Nesta foto, duas pessoas que vou levar na memória para sempre. Foi um prazer conhecê-los. Alemão e Leonardo. Espero que nossa amizade continue sempre e nos encontraremos nos próximos shows!



Comentários

  1. Oi Barbara!!! Ficou excelente seu trabalho... e vc acredita que eu pensava que este show de BSB não sseria tão bom......mas me surpreendeu e foi um dos melhores entres os oito....
    Abç!!!

    ResponderExcluir
  2. COM CERTEZA BÁRBARA NOSSA AMIZADE É PARA SEMPRE E TENHO VOCÊ COMO UMA ALIADA QUE VEIO PARA FORTALECER ESTE AMOR QUE TENHO PELA CYNDI LAUPER. VAMOS NOS ENCONTRAR MAIS VEZES E DAR MUITOS ABRAÇOS NA CYNDI. PARABÉNS PELA ÓTIMA PESQUISA E COBERTURA DOS SHOWS.
    LEONARDO

    ResponderExcluir
  3. sem dúvidas esse show foi incrível... meu primeiro show e vai ficar na minha memória pra sempre... eu pedi Into the Nightlife e ela tocou; foi o momento alto da noite pra mim; mas confesso que te invejei muito por ter conseguido tirar fotos com ela rs *-*

    ResponderExcluir
  4. Muito bom seu relato!!!Eu bem que poderia está aí entre os 20 fã sortudos, mas não foi dessa vez!!!Mais uma vez!!!

    ResponderExcluir
  5. nossa! bárbara eu com certeza ou morria u ia desmaiar, eu sou louco para conhece-la e um dos meus sonhos, eu amo essa fofura linda, talentosa, diferente, não tem igual a mulher canta demais, simpatica , carismática, simples, humilde, humana, defende a nós homossexuais. emquanto otras só tiram proveito vendendo cd´s já sabe quem e não precisa nem falar. rogério de oliveira!

    ResponderExcluir
  6. Bárbara, eu é que agradeço por você mencionar meu nome aqui, inclusive postar uma foto nossa. Adorei te conhecer, pois admiro seu trabalho desde 2008 quando entrei pela 1ª vez no seu Blog através do Cyndilauper.com.br e daí não parei mais, pois as informações são de primeira linha e sempre atualizadas, é sem dúvida o melhor canal brasileiro sobre a Cyndi Lauper. Parabéns!!! Continuaremos nos falando e eu sempre ligado nas informções por aqui. Em 2013 teremos muito o que comemorar sobre a Cyndi, então espero que ela invista nessas datas e realize o desejo dos fãs com uma nova turnê mundial e volte ao Brasil, mas também pode ser antes ou depois, o importante é que ela volte um dia. CYNDI LAUPER FOREVER!!!

    ResponderExcluir
  7. Lucas Costa CL Now11 de março de 2011 02:23

    Bárbara, só tive tempo de ler a matéria hoje, e olha... Eu amei a história! Fiquei muito feliz por você ter conseguido se encontrar com nossa Rainha. Deve ter sido um dos momentos mais marcantes de sua vida, né? Parabéns pelo site que está maravilhoso!!! E uma coisa, sabe aquela água que ela jogou no chão em todos os shows, no de SP ela disse que era para os Anjos dela. Achei lindo e fofo!!!

    Bjosss de seu amigo Lucas!!!

    ResponderExcluir
  8. Poxa, meus olhos encheram de lágrimas com o relato. Foi um showzaço, tomara que ela volte muitas e muitas vezes. Abraço, parabéns pelo blog. Adriano

    ResponderExcluir

Postar um comentário